Contratos de Cedência para a PT Contact

Ir em baixo

Contratos de Cedência para a PT Contact

Mensagem  Cletus em Qui Maio 28, 2009 3:30 pm

Comunicado da Comissão de Trabalhadores de 27/05/2009:

PT PORTUGAL REESTRUTURA SERVIÇOS

APROXIMA-SE UMA NOVA VAGA DE CONTRATOS DE CEDÊNCIA PARA A PT-CONTACT E PT VENDAS A PARTIR DE JUNHO

No seguimento de uma apresentação/reunião com a Administração da PTC, realizada no passado dia 26 de Maio, fomos informados de um novo caudal de postos de trabalho a passar da PTC e da TMN para a PT-CONTACT e para a futura PT VENDAS (são várias centenas que irão migrar).
Esta situação vai originar uma nova vaga de cedências ocasionais, com a Administração a pretender que os trabalhadores envolvidos assinem, à pressa, contratos que, enquanto não existirem garantias adicionais, não acautelam todos os direitos e interesses de quem trabalha.
No momento em que se começam a sentir no terreno os efeitos desta pressão, é necessário termos presente o que se passou há alguns anos na DCSI/IBM e, mais recentemente, no regresso dos trabalhadores da PTC cedidos à PTM. Todos assistimos a trabalhadores a serem pressionados a rescindir por alegada extinção do posto de trabalho na empresa de origem.

A CT SEGUE A REESTRUTURAÇÃO DA PT PORTUGAL (PTC, PT PRIME, TMN, PT SI, PT CONTACT e PT PRÓ) COM MUITA PREOCUPAÇÃO

Em relação à reestruturação em curso, resultado aparente de mais uma frenética movimentação de consultores, não aceitamos que a Administração utilize contratos de cedência que não dêem as garantias que a CT conseguiu em 2002 no processo de migração para a PT-PRÓ.
A CT EXIGE CONTRATOS DE CEDÊNCIA TRANSPARENTES QUE GARANTAM TODOS OS DIREITOS DOS TRABALHADORES
Face à pressão exercida sobre os trabalhadores para assinarem o novo texto do contrato de cedência ocasional até ao dia 29 de Maio, a CT assume o seguinte:

•Nas actuais condições, os trabalhadores devem resistir e opor-se a esta solução enquanto não existirem garantias no contrato de cedência quanto ao horário diário e semanal, funções atribuídas, garantia de colocação na mesma localidade e não no concelho limítrofe, como pretendem, em caso de regresso à empresa de origem.

•Não aceitamos qualquer tentativa de pressão que possa vir a ser exercida sobre os trabalhadores que irão ser “convidados” a assinar o Contrato de Cedência Ocasional com a PT CONTACT e a futura PT VENDAS, no sentido de forçar a sua aceitação.

Se todos se unirem, se não aceitarem a cedência ocasional nas condições que lhe estão a ser propostas, a Administração só terá dois caminhos: ou aceita as alterações ao contrato que garantam efectivamente todos os direitos, ou terá que aceitar que os trabalhadores continuem na PTC e TMN porque, nos termos da lei, nenhum trabalhador é obrigado a assinar, qualquer que seja a empresa a que está vinculado.
Face ao exposto, a CT aguarda resposta da Administração da PT Portugal às questões levantadas, na reunião do dia 26 de Maio, em relação ao novo texto do contrato de cedência.

PLENÁRIOS SECTORIAIS NA PTC

No imediato, se os trabalhadores assim o entenderem, a CT está disponível para realizar Plenários nos locais de grande concentração de serviços que vão migrar para a PT CONTACT E PT VENDAS, procurando pela verdade e pelo esclarecimento defender os direitos dos trabalhadores e o seu futuro.


Solicitam-se comentários.
avatar
Cletus
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 8
Localização : Porto
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Carta Aberta no Fórum ao Presidente da PT Portugal

Mensagem  Gonçalves em Dom Maio 31, 2009 3:55 pm

Carta Aberta ao Presidente da PT Portugal
Eng.º Zeinal Bava

Exm.º Senhor,


Tomo a liberdade de, enquanto trabalhador da PTC, dirigir-me ao Presidente da PT Portugal apelando à sua compreensão, supervisão e intervenção no processo de migração de um conjunto de serviços da PTC, TMN e PT-PRÓ para a PT CONTACT.

Entendo que os interlocutores da Gestão neste processo têm sido empenhados. Todavia, a clarividência da gestão ao mais alto nível pode ser uma mais valia na construção do equilíbrio necessário.

Esta reestruturação do serviço a clientes da PTC e da TMN no âmbito da convergência fixo-móvel implica que um conjunto significativo de trabalhadores da PTC e da TMN sejam cedidos à PT CONTACT e alguns da PT-PRÓ que passem directamente para a PT CONTACT através da cessação da posição contratual.

Na minha modesta opinião, o anterior texto dos contratos de cedência ocasional, estavam estabilizados após a grande luta dos trabalhadores da área financeira da PTC aquando da sua migração para a PT PRÓ no final do ano de 2002, princípio de 2003. Nessa grande demonstração de unidade a Comissão de Trabalhadores da altura teve uma grande participação, conseguindo, contra quase tudo e quase todos (à excepção dos trabalhadores) construir um texto final que garantia todos os direitos do AE da PTC.

Entendo que à cautela o Presidente da PTC e da TMN deveria intervir e encaminhar o processo para a manutenção do mesmo texto do Acordo de Cedência Ocasional assinado com os Sindicatos, depois da luta encabeçada pla Cmissão de Trabalhadores, com as devidas adaptações no caso da TMN.

Sr. Presidente, entendo que o novo texto simplesmente tem um articulado menos feliz, não podemos estar de acordo com o novo texto dos contratos de cedência, nomeadamente pela falta de clareza nas seguintes 4 situações: horário de trabalho, funções a desempenhar, local de trabalho e regresso à empresa de origem.

Existe neste momento um grande número de trabalhadores com dúvidas.

Nesse sentido, solicito a sua intervenção para que de uma forma transparente se possa potenciar e proporcionar as alterações necessárias ao texto do contrato de cedência apresentados aos trabalhadores da PTC e da TMN, de forma a que, inequivocamente, se demonstre a capacidade de dialogo e de equilíbrio da gestão por sí presidida.

Certo de que em diálogo será possível entendimento entre a gestão e os trabalhadores convidados a migrar para a PT CONTACT, fico a aguardar que V. Exa., intervenha no sentido de sanar o diferendo existente neste processo.

Com sentido de responsabilidade e de missão, despeço-me com os meus melhores cumprimentos.

Francisco Gonçalves
Trabalhador da PTC

Gonçalves
Moderador
Moderador

Masculino Número de Mensagens : 23
Localização : Lisboa
Data de inscrição : 23/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Contratos de Cedência para a PT Contact

Mensagem  johnnythekid em Seg Jun 22, 2009 4:07 am

Estamos a 22 de Junho e continuamos sem assinar qualquer cedencia ocasional.
Apesar dos sindicatos terem dado o seu aval á 3ª minuta, nós os principais visados nesta cedência, continuamos renitentes em assinar.
Chegou-nos o esclarecimento na sexta feira dia 19, já ouvi versões que este esclarecimento vincula a empresa, outras versões dizem que não.
O certo, é que o contrato não alterou, e continua a haver muita desconfiança em irmos para a PT Contact...
é certo que se trata de uma decisão individual, mas continua a haver muita gente disposta a lutar pela clareza de uma minuta consensual e que não esconda nem elime qq direito consagrado em AE.

johnnythekid
Estagiário
Estagiário

Masculino Número de Mensagens : 5
Localização : Porto
Data de inscrição : 22/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Contratos de Cedência para a PT Contact

Mensagem  Blackadder em Seg Jun 22, 2009 4:47 am

Após o pedido feito durante a reunião realizada em 20/06/2009 no auditório de Tenente Valadim em que nos é pedido a nós trabalhadores para que o mais rapidamente possível assinemos o contrato de cedência, só me ocorre dizer o seguinte:

Este processo não foi decidido pela empresa de um dia para o outro, já anda de certeza a ser cozinhado hà muito tempo, e conforme foi dito pelos responsáveis dos RH, houve alguns problemas que atrasaram o processo e que por isso não foi possível informar os trabalhadores da situação com a devida antecedência.

Agora querem que sejamos nós a de um dia para o outro assinar um contrato de cedência (que a meu ver chama-se assim porque estaremos a ceder os nossos direitos ao assinar) para que os prazos deles sejam cumpridos. Lamento mas não pode ser assim, nós não pedimos para ser cedidos, como tal não podemos agora ser pressionados a rapidamente resolver uma situação que foi criada pela empresa, e que é lesiva dos nossos direitos.

Como tal devemos pesar muito bem a nossa decisão, pois dela depende o futuro de cada um e só e apenas quando todas as dúvidas estiverem esclarecidas e os nossos direitos salvaguardados, decidir o que é melhor para nós. E nisso o TEMPO é o melhor conselheiro!

Blackadder
Estagiário
Estagiário

Masculino Número de Mensagens : 1
Localização : Planeta Terra
Data de inscrição : 22/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Contratos de Cedência para a PT Contact

Mensagem  lamp em Seg Jun 22, 2009 8:10 am

Há muito tempo que os trabalhadores da PT não se uniam e defendiam os seus direitos como hoje.
Há muito tempo que deixavam alguns Sindicatos (com maior nº. sindicalizados) decidirem juntamente com a empresa os destinos dos trabalhadores.
Mas hoje, na minha opinião, estes Sindicatos negoceiam os seus interesses e não os interesses dos trabalhadores.
Por este motivo mudei de sindicato e fui para um que na minha opinião defende na integra os meus interesses, apesar de não ter força junto da empresa...

Estou farto destes ditos "Maiores Sindicatos", mesmo farto!
Felizmente, tenho ao meu dispor a confiança, o auxilio da Comissão de Trabalhadores da PT.

lamp
Estagiário
Estagiário

Masculino Número de Mensagens : 1
Localização : Porto
Data de inscrição : 22/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Revolta -contratos de cedência

Mensagem  Burrosoueu em Qua Jun 24, 2009 10:54 am

Nos contactos que tenho mantido com vários colegas chegaram-me este emails
---------------------------------------------------
Exmº Senhor!
A observação que faz ao nosso comunicado, do qual consta a intrepertação juridica do nosso Contencioso é bastante acintosa, e por isso grave, ao acusar os nossos advogados de

" Obscuros motivos para continuar a desinformar.... o que só interessa á Administração..."

Informamo-lo de que a Direcção e o próprio gabinete de advogados não deixaram de actuar de forma adequada á sua grave insinuação que desrespeita a dignidade dos nossos Juristas, dos Dirigentes do Sindicato e a própria Instituição STPT.
------------------------------------------------
Para conhecimento
Esta é a resposta que recebi ao meu comentário em attach sobre a actuação do STPT.
Espero que pelo menos me façam uma vista em Custóias
-------------------------------------------------
Boa tarde colegas,
O facto de andarmos preocupados com assuntos sérios, tal como o contrato que temos em análise, não nos vai distrair do facto de termos sido invectivados por este sindicato que não acha acintoso o facto de nos conotar a TODOS como “aventureiros” entre outras amigáveis expressões que têm vindo a usar.
Penso que o facto de ameaçarem um de Nós implica uma resposta capaz do GRUPO numa demonstração pronta do que é “dignidade”.
--------------------------------------------------
Há! Há! Há!
De facto, no fim de tantos capítulos desta novela Mexicana, já só faltava o “grupo de aventureiros” ser ameaçado por um dos sindicatos!!!! Coisa inédita!!!! Estão sempre a surpreender!!! Deve ser este o papel deles, não?!
O nosso maior erro foi pedir-lhes apoio, porque no fim de saber q esta última minuta foi negociada entre a Empresa, o STPT e o SINTTAV não é de espantar as respostas q nos dão. Isto mais parece uma luta de galos entre as instituições sindicais para ver quem é q fica com os louros. A administração assiste de camarote e nós somos os gladiadores q procuramos lutar na arena, por uma situação de auto-preservação.
Se tudo o resto correr mal, podemos sempre recorrer às instituições legais ao nosso dispor e provavelmente com resolução mais célere.
----------------------------------------------------
De facto é extraordinário!
Até a própria empresa (ADM) tem mais fair-play, quando é de certa forma insultada pelos sindicatos.
Não conheço nenhum caso em que a empresa tenha colocado um sindicato em tribunal, pelo tipo de linguagem. (diga-se que, por vezes até de fraco tom)
Que raio de sindicato, ameaça um trabalhador que não está contente com a forma de defesa dos seus direitos? Afinal para que servem os sindicatos? Não é para defender os interesses dos trabalhadores? Não é para ouvir os trabalhadores, contentes ou não? Será que os dirigentes se tivessem que assinar o famoso contrato de cedência, o assinavam?
Começo a achar que não vale a pena ser sindicalizado, pagar para quê?, para me processarem?
Como caricatura a este episódio, vejo-me numa loja, a comprar qualquer coisa, portanto a gastar o meu dinheiro e dizer ao empregado “ Não gosto da forma como me atendeu, é pouco profissional” e ele desagradado com o comentário preenche o livro de reclamações a fazer queixa de mim (cliente). Giro. Original. Criativo.
Gostava que os dirigentes fossem ler novamente e com muita atenção a “cartilha dos princípios sindicais”. Estão muito esquecidos. A Reciclagem de conhecimentos é para todos!!!
Parece-me que quem está mais perto dos interesses do “mexilhão” é a CT, e é grátis!!!!.
É o meu desabafo, ao episódio e ao que tenho presenciado, ultimamente… Embarassed

Burrosoueu
Técnico
Técnico

Masculino Número de Mensagens : 31
Localização : Norte
Data de inscrição : 21/05/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Contratos de Cedência para a PT Contact

Mensagem  johnnythekid em Qua Jun 24, 2009 4:49 pm

EStes senhores mereciam outro tipo de comentários!

É incrivel como estas verborreias mentais continuam a passar no seio dos trabalhadores.

Continuam invejosos e hostis por tras de palavras e comunicados e mais uma vez somos maltratados por estes pseudo-sindicalistas!

As acções ficam com quem as toma e já é caracteristica do STPT em todos os processos, começar com avisos de despedimentos e terminar a dizer que fizeram o que era possivel...so falta pelo meio dizer que são os maiores e que vão referendar alguma coisa...

Eu sinto vergonha de trabalhar numa empresa onde esta gente existe e regorgita este tipo de argumentos!

Valem sindicatos como o STT, sempre intransigente na defesa dos trabalhadores e vale a CT, que pela voz do FG está e estará sempre do nosso lado

é preciso, agora começar a ter em conta a malta que vai ficar do lado de cá e que não vai assinar contrato algum...

é preciso ter uma lata descomunal virem agora dizer que o contencioso do sindicato agirá em conformidade com os comentarios feitos!

Processem-me tambem a mim....sou o johnnythekid...ou então que façam um referendo sobre as medidas a tomar contra nós...

eu vou continuar a resistir!!!!

abrç a todos

johnnythekid
Estagiário
Estagiário

Masculino Número de Mensagens : 5
Localização : Porto
Data de inscrição : 22/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Contratos de Cedência para a PT Contact

Mensagem  johnnythekid em Qui Jun 25, 2009 4:50 pm

mensagem do 1º subscritor do abaixo assinado que circulou na empresa sobre a cedência ocasional para a PT Contact


Caros Colegas,
Chegou a hora de fazer um balanço e uma reflexão pessoal ao processo da Cedência Ocasional para a PT CONTACT nuns casos e para a PT PRÓ noutros.

Como primeiro subscritor do abaixo-assinado que elaboramos para entregar à Administração da PTC, quero dizer-vos que é para mim, um motivo de orgulho ser colega de trabalho de todos vós e que o processo e os valores que nos unem continuam a ser válidos e recomendam-se.

Quando decidimos subscrever o abaixo-assinado tínhamos como objectivo conseguir manter o texto da cedência acordado com os sindicatos em 2003. Este nosso objectivo não foi conseguido mas é necessário que se diga que a 1ª versão da minuta foi alterada para melhor devido à posição de unidade e firmeza que soubemos demonstrar.

O processo não acaba aqui, volta-se apenas mais uma página na vida do Grupo PT, por isso vamos continuar a erguer a nossa voz e a exigir melhores garantias para todos, independentemente de quem decida assinar e aceitar a sua Cedência Ocasional e de quem decida ficar na PTC.

Lembro-vos que fomos e somos sempre coerentes nas nossas mensagens, demonstramos e continuaremos a demonstrar uma unidade muito forte entre trabalhadores do Grupo PT que exigem respeito pelos seus direitos individuais e colectivos. Defendemos e lutamos pela dignidade dos trabalhadores e, no futuro, estejamos onde estivermos a dar o nosso contributo à PT PORTUGAL, vamos continuar a defender os princípios que são nossos e que ninguém nos pode tirar.

Discutimos, analisamos, debatemos com quem nos quis ouvir, apelamos á UNIDADE de todas as ORT'S, e tivemos o apoio incondicional do SINTTAV Porto e da Direcção do STT desde o primeiro momento e mensagens do SNTCT de saudação pela nossa luta na defesa intransigente dos nossos direitos.

Com ênfase, quero transmitir uma palavra ao apoio da Comissão de Trabalhadores em todo este processo. Não tenho a menor dúvida do seu papel na empresa, desde a importância de alerta (mesmo com fortes condicionalismos) á sua intransigência, frontalidade, coerência e astúcia para fazer com que nenhum de nós deixasse de estar devidamente esclarecido.

Ainda, não poderá passar em claro, que este movimento de trabalhadores no Grupo PT, apareceu, de forma espontânea e transversal, para unir os trabalhadores em torno de um objectivo comum, defender os nossos direitos e o nosso futuro na empresa, e ainda pela inércia de alguns, à fraca capacidade negocial de outros e à afronta pelas questões e dúvidas colocadas por nós.

Infelizmente, nalgumas situações, ao apelo de Unidade, incompreensivelmente, sentimos na pele, a afronta, o insulto, a prepotência e a frase do costume "...fizemos o que era possível..."

Se tal situação não tivesse acontecido, quem sabe se a situação não estaria já resolvida a contento de todos.

O processo está ainda em desenvolvimento e ele só parará quando todas as situações estiverem equacionadas e resolvidas. No entanto é justo reconhecer que ele está a entrar numa fase crucial.

Sei que, face à evolução da situação, cada um terá de tomar a decisão de aceitar ou rejeitar o acordo de cedência, de forma pessoal e individual, pelo que apelo a que o façam sem ter em conta qualquer tipo de pressão.

A decisão sobre a cedência será sempre individual, é difícil, mas deve ser tomada em consciência e com a convicção de que é a melhor para cada um.

Vamos continuar unidos, estejamos onde estivermos, e vamos continuar através da nossa dedicação e do nosso desempenho profissional, a exigir que quem aceite a Cedência Ocasional veja garantido, no seu dia a dia todos os direitos do AE da PTC, bem como, que quem não aceite a Cedência tenha rapidamente uma nova função de acordo com as suas expectativas e competências profissionais na PTC.

Por este processo, não mais deixaremos de estabelecer pontes de diálogo com todos os que nos quiserem ouvir. Não existem vencedores nem vencidos, existe sim uma grande vontade de exceder os limites no desempenho profissional e vamos continuar a mostrar a todos que somos GENTE de, e com FIBRA.

Um Abraço amigo e ATÉ JÁ.

johnnythekid
Estagiário
Estagiário

Masculino Número de Mensagens : 5
Localização : Porto
Data de inscrição : 22/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Os fantasticos resultados das actuações sindicais

Mensagem  Burrosoueu em Qua Jul 01, 2009 9:52 am

Após as famosas negociações de reformulação dos contratos de cedência, efectuadas entre o STPT o SINTTAV e a Administração, as ditas redundaram num novo texto com praticamente os mesmos problemas para os trabalhadores que o anterior.
Após reclamação e pedido de colaboração a estes dois sindicatos um respondeu humanamente afirmando mais nada poder fazer e outro escreveu invectivando e ameaçando os trabalhadores com o recurso a tribunal por difamação.
A questão foi de tal modo grave que apesar de este hoje pequeno e caricato sindicato que se tinha associado a outros pequenos sindicatos para poder concorrer às eleições da comissão de higiene e segurança viu um dos seus parceiros sindicais escrever uma carta aos seus sócios demarcando-se do seu tipo de actuação na questão dos contratos.
Será que o logotipo inserido abaixo e que me chegou por email é da autoria dos processadores ou foi apenas uma ideia de oportunidade de um qualquer trabalhador na expectativa de ganhar o concurso de rebranding do seu logotipo?

STPT- 89 ANOS A DEFENDER OS TRABALHADORES, A PROCESSÁ-LOS ESTAMOS NO 1º ANO! (temos que diversificar o nosso negócio para atingir a sustentabilidade) Mad

Burrosoueu
Técnico
Técnico

Masculino Número de Mensagens : 31
Localização : Norte
Data de inscrição : 21/05/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Contratos de Cedência para a PT Contact

Mensagem  johnnythekid em Dom Jul 19, 2009 8:01 am

e lá continuamos nós...

Cera de 40 resistentes, que não assinaram porra nenhuma estão agora destacados para formação de tecnicas de venda.
Os pseudo-sindicalistas dizem que nada se pode fazer e só a CT e o STT se mantêm conosco...
A imoralidade não pode ser combatida, dizem eles...vamos ter de esperar e não reagir ao ke nos kerem por a fazer...VENDER PORTA A PORTA...
continuamos firmes contra a prepotencia da admn e do JC, eles kerem-nos como trofeus de caça e como exemplo para os proximos que ousem resistir...
estamos nisto vai pra 2 meses...toda a gente em silencio e vai valendo a entreajuda entre os 40, o FG e o STT...
juntos havemos de vencer

johnnythekid
Estagiário
Estagiário

Masculino Número de Mensagens : 5
Localização : Porto
Data de inscrição : 22/06/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Contratos de Cedência para a PT Contact

Mensagem  Burrosoueu em Seg Jul 20, 2009 7:50 am

Caro Kid

Fazendo um pouco de humor trata-se de uma questão de resiliência.
Quem assim tem resistido às agruras congeminadas pelos inteligentes yes men dos Recursos Humanos PT, aos quais os "sindicatos" permitiram tratar o capital humano PT como trolhas sem qualificação de uma qualquer empresa de construção civil, seram talvez encarados por aquelas cabeças iluminadas como o ideal para resistir psicologicamente a uma série de tretas, das quais todos estamos conscientes, que a empresa pretende vender aos incautos.
Perdoe-me o humor caustico que como é evidente não se dirige a si nem aos restantes resistentes. Para vós caros colegas e amigos um bem hajam pela coerência e verticalidade de pensamento e postura.
FORÇA!!! Very Happy

Burrosoueu
Técnico
Técnico

Masculino Número de Mensagens : 31
Localização : Norte
Data de inscrição : 21/05/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Contratos de Cedência para a PT Contact

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum